1º Encontro de Redes Intermunicipais de Bibliotecas Públicas em Seia

Num momento em que o trabalho em rede assume um papel cada vez mais central para as bibliotecas públicas e em que uma abordagem regional dos equipamentos de bibliotecas municipais começa a demonstrar resultados e vantagens e a produzir impactos positivos nos territórios e junto das populações, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Câmara Municipal de Seia e a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) organizam, no próximo dia 5 de Junho, em Seia, o 1º Encontro das Redes Intermunicipais de Bibliotecas Públicas. O evento terá lugar na Casa Municipal da Cultura de Seia, a partir das 9 horas.

A Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) tem vindo a desenvolver uma estratégia de criação de redes intermunicipais de bibliotecas públicas municipais assente num contato direto e de proximidade com os Municípios e os bibliotecários que pretende servir de base a um novo tipo de programa de requalificação de serviços, com uma visão inclusiva e diversificada adaptada ao panorama nacional das bibliotecas públicas.

É neste contexto que começam a nascer os Grupos de Trabalhos no seio das Comunidades Intermunicipais (aprovadas pela Lei 75/2013 de 12 de setembro), promovendo trabalho em rede descentralizado, de âmbito regional que, ganhando escala, tem fomentado o conhecimento mútuo e reforçado a identidade territorial.

A participação é gratuita, mas a inscrição é obrigatória, estando condicionada à capacidade da sala.

 

Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas nas Beiras e Serra da Estrela

O Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas terá este ano a sua final regional no território da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE). Esta iniciativa é da tutela da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) e decorre em estreita colaboração com as Comunidades Intermunicipais (CIM) da Região Centro. Neste sentido, visa a divulgação, estímulo e implementação da cultura empreendedora na Região Centro, junto da comunidade escolar.

Na próxima quarta-feira, dia 30 de maio, realiza-se a sessão intermunicipal, onde só participam as escolas da CIMBSE, no auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, no Instituto Politécnico da Guarda (IPG), a partir das 09h30.

O objetivo do concurso é sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades em que se inserem.

Este ano, a final regional, que pretende ser um momento marcante, com a atribuição do título “Aluno Empreendedor da Região Centro 2018”, decorrerá no território da CIMBSE, realizando-se no dia 7 de junho, na Universidade da Beira Interior.

Podem ser apresentadas ideias de negócio de qualquer área de atividade, devendo obedecer às seguintes características: “úteis e exequíveis; inovadoras, podendo dar origem ao aparecimento de um novo produto ou serviço; consolidadas; originais (concebidas pelos candidatos) e economicamente vantajosas, apresentando potencial competitivo”.
Cada uma das oito comunidades intermunicipais, da Região Centro, poderá apresentar a concurso uma ideia de negócio, por si selecionada, concebida e apresentada pelos próprios alunos.

PROGRAMA
9h30 – Sessão de boas vindas
10h00 – Apresentação das Ideias de negócio
12h00 – Momento musical
12h30 – Apresentação das classificações e entrega de prémios
13h00 – Almoço

Sessões sobre Estratégia de Adaptação às Alterações Climáticas na CIMBSE

A Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) promove duas sessões de stakeholders sobre “Estratégias de adaptação às alterações Climáticas”, uma está marcada para dia 29 de maio, no Instituto Politécnico da Guarda, na Guarda, e a outra, para dia 5 de junho, na Universidade da Beira Interior, na Covilhã.

O programa começa às 9h30 e pretende apresentar o projeto e os grupos de trabalho; fazer uma análise, seguindo-se uma seleção e priorização das medidas e, por fim, um debate sobre as conclusões e medidas a serem tomadas no imediato.

As Estratégias de Adaptação às Alterações Climáticas (EAAC) da Região das Beiras e Serra da Estrela encontram-se estruturadas sob quatro objetivos principais, nomeadamente, Informar; Reduzir a vulnerabilidade e aumentar a capacidade de resposta; Participar, sensibilizar e divulgar, e ainda, Cooperar a nível Internacional.

A região das Beiras e Serra da Estrela regista altas temperaturas e baixa precipitação durante os meses de Verão, sendo particularmente vulnerável à escassez de água. Nesse sentido, a região pretende melhorar a sua resposta a esta e outras preocupações, sendo uma das apostas a melhoria do ambiente, garantindo atratividade e sustentabilidade.

A região está igualmente atenta às questões relacionadas com as alterações da biodiversidade, no património ambiental e natural, que facilita o aumento da ocorrência de incêndios com consequência potencialmente graves e em diversos setores. Neste sentido, no âmbito do desenvolvimento EAAC-BSE é importante compreender melhor quais as principais causas climáticas, atuais e futuras.

A adaptação às alterações climáticas é um desafio transversal, que requer o envolvimento de todos, numa abordagem integrada.

Este evento está ainda integrado na iniciativa “Energy Days”, promovida pela União Europeia, e visa promover, discutir e celebrar a eficiência energética e as energias renováveis.

Presidentes e Vice Presidentes-Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE),  reunido no dia 20 de fevereiro elegeu, por unanimidade, o Presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, para presidir nos próximos dois anos à CIMBSE e como Vice Presidentes, o Presidente da Câmara de Pinhel, Rui Ventura e o Presidente da Câmara de Fornos de Algodres, Manuel Fonseca. Para os dois anos seguintes foram eleitos para Presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBSE o Presidente da Câmara de Gouveia, Luís Tadeu e para Vice Presidentes o Presidente da Câmara de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho e o Presidente da Câmara de Almeida, António Machado.

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela corresponde às Unidades Territoriais Estatísticas de Nível III (NUT III) da Serra da Estrela, Beira Interior Norte e Cova da Beira e é composta pelos Municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso, e adota a designação abreviada de CIM-BSE.

A CIM-BSE, pretende ser um parceiro regional, capaz de implementar práticas de gestão que permitam identificar e satisfazer as necessidades dos municípios associados e desenvolver estratégias que conduzam a uma maior coesão intermunicipal, com resultados na melhoria de qualidade de vida e no desenvolvimento sustentado da região.

A CIM-BSE, tem como missão potenciar, promover o desenvolvimento da região, de otimizar e defender os interesses comuns dos municípios associados e reforçar a identidade conjunta da região, mediante a articulação de interesses e criação de sinergias e estimulando o desenvolvimento integrado e coletivo, valorizando parcerias, criando sinergias e maximizando resultados.

Os objetivos estratégicos da CIM-BSE são: Aumentar a coesão territorial e intermunicipal; promover e dinamizar o desenvolvimento económico e social na região;
tornar a organização interna mais eficiente e eficaz; e fomentar a participação nas decisões dos municípios associados.

Foto de Câmara Municipal de Seia.

Reunião IEFP – CIMBSE

Decorreu hoje dia 04 de Setembro na Câmara Municipal da Guarda  uma reunião com a Sra. Subdelegada Regional do Centro do Instituto de Emprego e Formação Profissional, com os Srs. Presidentes da Câmara pertencentes à CIMBSE, Associações Empresariais e Organismos de Ensino Superior da Região.
A reunião teve como tema a reflexão e discussão da implementação de uma estratégia especifica de requalificação e valorização do capital humano no território das Beiras e Serra da Estrela, incidindo especialmente na problemática dos desempregados qualificados.

Reunião Diretor Geral da Administração da Justiça – CIMBSE

Decorreu hoje dia 04 de Setembro na Câmara Municipal da Guarda uma reunião com o Sr Director Geral da Administração da Justiça e com os Srs Presidentes da Câmara pertencentes à CIMBSE.
A reunião insere-se nos trabalhos relativos à avaliação global da reforma do mapa judiciário.

 

Formação “Sistema de Normalização Contabilística para a Administração Pública (SNC-AP)”

A CIMBSE vai realizar no próximo dia 08/09/2017, na Câmara Municipal da Guarda, uma ação de formação “Sistema de Normalização Contabilística para a Administração Pública (SNC-AP)”, cujo destinatários são os dirigentes, técnicos superiores e quadros com responsabilidades na área da contabilidade, dos Municípios pertencentes à CIMBSE.

INFORMAÇÕES
DURAÇÃO  8 horas (certificado de frequência será atribuído desde que se registe assiduidade ≥ 90% da carga  horária total e após pagamento)
CÓDIGO CURSO: 17ECB001
DATA :  8 de setembro de 2017
HORÁRIO 9.00H – 13.00 / 14.00H—18.00H
MODALIDADE DE FORMAÇÃO: contínua de atualização FORMA DE ORGANIZAÇÃO: presencial
LOCAL Município da Guarda Praça do Município, 5A Sala António Almeida Santos 6300-035 GUARDA
Regulamento de Funcionamento da Formação  disponível no site do IGAP
INSCRIÇÕES www.igap.pt
IGAP- Instituto de Gestão e Administração Pública Rua de Belos Ares, 160—4100-108 PORTO Tel: 226 005 219 e-mail: igap@igap.pt site: www.igap.pt
D03.2.01.2012
OBJETIVO GERAL Este curso tem como objetivo principal dar a conhecer o âmbito, objetivos e conteúdo do Sistema de Normalização Contabilística das Administrações Públicas (SNC-AP), na ótica da sua aplicação aos municípios.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS No final do curso os formandos deverão ser capazes de:  Deter conhecimentos e práticas que lhes permitam implementar o SNC-AP;  Desenvolver os conhecimentos inerentes ao novo SNC-AP tendo sempre por base uma perspectiva crítica e comparativa de cenários alternativos com o POCAL;  Articular a aplicação do SNC-AP com a Lei de Enquadramento Orçamental e outros diplomas complementares.
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1. Enquadramento; 2. Estrutura conceptual do SNC-AP; 3. Plano de contas multidimensional; 4. Contabilidade e Relato Orçamental (NCP 26), articulação com o Regime Financeiro das Autarquias Locais (Lei n.º 73/2013, de 3 de setembro) e Lei das Autarquias Locais (Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro); 5. O SNC-AP e a LCPA; 6. Contabilidade Financeira (NCP 2 a 25); 7. Inventário e Cadastro (transição do CIBE para o SNC-AP), em especial a aplicação da substância
sob a forma ao património municipal; 8. Elaboração e preparação das Demonstrações Financeiras Individuais e consolidadas (NCP 1 e 22); 9. Contabilidade de Gestão (NCP 27); 10. Do POCAL ao SNC-AP.
DESTINATÁRIOS Dirigentes, Técnicos Superiores; Técnicos Oficiais de Contas; Diretores Administrativos e Financeiros; Quadros com responsabilidades nas áreas de contabilidade, planeamento e controlo e outros utilizadores, preparadores da informação financeira das Autarquias Locais.
METODOLOGIAS FORMATIVAS Recurso aos métodos Expositivo, interrogativo, demonstrativo e ativo. METODOLOGIAS DE AVALIAÇÃO Inicial diagnóstica (questões orais p/ aferição do nível de conhecimentos/expetativas), contínua formativa (oral e prática durante as sessões) e final de reação (questionário individual e debate assistido). RECURSOS PEDAGÓGICOS Documentação de apoio, PC, videoprojector e quadro de escrever.
FORMADOR Pedro Mota e Costa, docente universitário, formador, consultor, ROC

Discurso e apresentação do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da CIM-BSE

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, na pessoa do Sr. Presidente da CIM-BSE, Dr. Vítor Pereira apresentou o Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, no dia 16 de Setembro de 2015 (quarta-feira), pelas 18 horas, no Anfiteatro das Sessões Solenes da UBI.

Discurso do Sr Presidente da CIM-BSE

Apresentação

Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

Realizou-se, 2ªfeira, dia 31 de Agosto de 2015, a cerimónia de assinatura do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

O Pacto de Desenvolvimento e Coesão Territorial da CIMBSE negociado e assinado em nome dos 15 Presidentes de Câmara da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, trata-se de um instrumento estratégico e financeiro com um objetivo claro e definido: construir uma região que dentro de uma década lidere o crescimento do Interior do País, sendo reconhecida pela sua dinâmica e atratividade económica, social e cultural e uma referência nacional na valorização dos recursos endógenos e como origem de marcas diferenciadoras e alto valor acrescentado.

Este Pacto enquadrará um leque variado de potenciais projetos dos Municípios da CIM-BSE assentes numa lógica de construção e otimização de recursos intermunicipais, com objetivo de permitir um crescimento sustentado, sustentável e inclusivo de todo o território.

O valor global dos 44 milhões e 600 mil euros desagrega-se nas seguintes rubricas:

– 2 Milhões e 600 mil euros para projetos de modernização administrativa

– 7 Milhões e 750 mil euros para projetos de otimização energética

– 3 Milhões e 363 mil euros para projetos de conservação, proteção e promoção do património cultural

– 1 Milhão 996 mil euros para projetos de conservação, proteção e promoção do património natural

– 2 Milhões e 500 mil euros para o apoio à criação de emprego por conta própria.

– 1 Milhão e 500 mil euros para o apoio ao desenvolvimento de postos de trabalho

– 670 Mil euros para investimentos na área da saúde

– 6 Milhões e 500 mil euros para a prevenção e combate ao abandono escolar

– 15 Milhões e 090 mil euros para o desenvolvimento de infraestruturas de acolhimento de crianças e educação apoiada

– 800 Mil euros para identificação de vulnerabilidades e riscos na CIM-BSE

– 1 Milhão 429 mil euro para investimento em infraestruturas agrícolas e florestais.

Assinatura dos Pactos com as CIM´s

Assinatura dos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial com as Comunidades Intermunicipais da Região

Vai ser assinado no dia 31 de Agosto pelas 16 horas na CCDRC o pacto para o desenvolvimento e coesão territorial com as CIM´s e conta com a presença de suas Excelências, o Ministro Adjunto do Desenvolvimento Regional, Prof. Dr. Miguel Poiares Maduro, e o Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Dr. Manuel Castro Almeida.